Entenda a importância do sono para os seus estudos

Dormir mal é talvez o maior obstáculo para o aprendizado de qualquer pessoa. E embora isso não seja novidade para grande parte dos alunos, muitos ainda insistem em estudar somente de madrugada, em se preparar para provas somente em cima da hora e ter que estudar por dias a fio com pouca qualidade de sono.

Porém, é importante ter em mente que, todo conteúdo que consegue ser aprendido em períodos em que você está privado de sono e bastante cansado, poderia ser aprendido em menor tempo caso você estivesse descansado e bem restaurado.

 Por isso, preparamos este post para que você entenda melhor qual a importância do sono para uma rotina de estudos e aprendizado.

Nossas funções cognitivas dependem de uma boa qualidade de sono

O primeiro ponto está no fato de que nossas funções cognitivas são diretamente afetadas pelo quanto dormimos e nos sentimos restaurados. Quando dormimos mal, levamos muito tempo para aprender ou para executar habilidades motoras básicas.

Sono e memória caminham lado a lado

Outro ponto importante afetado pelo sono é a nossa memória. Quando dormimos mal, uma das primeiras funções a ser afetadas é a nossa memória. Daí porque a falta de sono afeta tanto os nossos estudos e aprendizado, pois dependemos diretamente da nossa memória para conseguirmos reter novas informações.

Sono e capacidade de raciocínio caminham lado a lado

Se as nossas funções cognitivas são diretamente afetadas pelo nosso sono, isso significa que nossa capacidade de raciocínio também é. Com certeza você já deve ter experienciado a dificuldade que é resolver problemas de matemática, física e outras disciplinas, quando se está com sono e não há disposição suficiente para trabalhar aquelas questões.

Isso acontece porque não estamos descansados e nos sentimos completamente esgotados para gastar mais energia com uma nova tarefa. E isto está ligado ao nosso próximo ponto.

Sono e energia caminham lado a lado

Nossas reservas de energia estão diretamente ligadas ao quão bem dormimos na noite anterior. Por mais que uma sessão de estudo seja uma atividade parada e sem maiores desgastes físicos, ela exige sim muita energia de nossa parte.

Esforços mentais também consomem, e muito, de nossa energia. Por isso, não subestime o efeito de uma boa noite de sono sobre o seu aprendizado. Aliás, muitas das dificuldades que os alunos frequentemente apresentam com o aprendizado de certos conteúdos e disciplinas estão diretamente relacionadas ao padrão de sono vivido por eles.

Grande parte dos alunos estão sempre estudando em horários inadequados e com isso não conseguem manter uma rotina de estudos eficiente, capaz de garantir algum avanço de compreensão dos conteúdos.

Gostou deste texto? Acompanhe nosso conteúdo para novas dicas.

agencia